Ações da CSN
R$ 8,96 | -4,06%
19:51h | 15.04.2014
Segunda-feira, 21 de abril de 2014
Bom dia, 1h33min
 

Inspiração que vem da fruta
Publicado em 29/09/2012, às 11h23
 

Mostra reúne artesanato, peças de pintura em tela, doces e licores feitos com a fruta

Cristiane Mendes

cristiane.mendes@diariodovale.com.br

Há um ditado que diz: de um limão, uma limonada. Em Angra dos Reis, a história é um pouco diferente, de uma banana, uma exposição. Não entendeu? É simples. A fruta tão comum por nós brasileiros é tema de uma mostra na cidade. A exposição "Yes, nós temos bananas" pode ser vista até o dia 13 de outubro, na Casa Larangeira. A entrada do público é gratuita.

De acordo com uma das organizadoras da exposição, Maria Stela Jordão Elias, a ideia de criar a mostra veio justamente para incentivar o poder da fruta na região e a fibra da bananeira.

- Trabalhamos com a fibra da bananeira há muito tempo, desde 2005, então pensamos: "Porque não criar uma exposição onde teríamos a chance de mostrar para o público o nosso artesanato e a riqueza da fibra?" - conta, acrescentando que essa é a primeira vez que a mostra é a realizada no município.

- Essa é a primeira vez que montamos uma exposição com esse tema, e o objetivo da nossa ONG Arte dos Reis é fazer desta mostra algo anual, já que sentimos que o público se interessa pelo trabalho dos artesãos - adianta.

Stela comenta que a mostra reúne, além do artesanato feito com a fibra da bananeira, peças de pintura em tela, doces e licores feitos com a fruta.

- Da parte do artesanato temos luminárias, pinturas em telas, tudo produzido com a fibra da bananeira. Além disso, temos em outro espaço, a parte da culinária, onde os visitantes vão conferir e degustar doces e licores feitos com a fruta. A mostra apresenta diversas possibilidades e curiosidades produzidas pela bananeira, é uma verdadeira aula - conta, afirmando que são vários artesãos que participam da exposição.

- É todo um trabalho de equipe, quando tivemos a ideia de criar a exposição, fomos às rádios e comunidades locais e conversamos com as pessoas que também trabalham com a fibra de bananeira e perguntamos sobre o interesse de divulgar o trabalho com a gente - explica.

Stela brinca que a mostra é mesmo uma surpresa até para eles da organização, já que a própria população de Angra não tinha tanto conhecimento sobre a fruta.

- Percebemos que o próprio angrense não tinha conhecimento sobre a fruta e sobre sua história, então, isso foi certa surpresa para nós. Percebemos que com a exposição temos a possibilidade de explicar como é desenvolvido um trabalho da fruta. Esperamos que fibra da bananeira se torne bem vista pelo artesão - adianta.

Sobre o nome "Yes, nós temos bananas", Stela explica que foi uma analogia a cantora Carmem Miranda.

- Foi mesmo uma analogia a Carmem. Ela é um mito para nossa cultura e nós quisemos prestar essa homenagem a essa figura conhecida internacionalmente - salienta.

Toda a preparação da exposição durou cerca de três meses e os produtos estão disponíveis para a venda na Casa Larangeira.

- Idealizamos o projeto há três meses, com todas as fases para preparação de artesãos, material a ser exposto e a composição da mostra. Os produtos também estão à venda e o passeio é uma verdadeira e deliciosa viagem sobre a história da fruta e suas riquezas - finaliza.

Cursos e oficinas

Além da mostra, os organizadores também estão realizando cursos sobre a fibra da bananeira. Durante o período de exposição serão realizadas várias oficinas de artesanato com a fibra, palha de milho e tecelagem em tear com fibra de bananeira. Para estes cursos, as inscrições já estão abertas, e terão vagas limitadas. Os cursos são divididos em módulos e o próximo acontece neste sábado. Para maiores informações, visitem o site [www.artedeangradosreis.com.br], ou dirija-se à loja de artesanato Arte dos Reis, na Praça Duque de Caxias, nº 24, atrás da Casa Larangeira, de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h e sábados, domingos e feriados das 9h às 13h.

Serviço

A exposição ‘Yes, nós temos bananas' pode ser vista até o dia 13 de outubro, na Casa Larangeira. O local funciona na Praça Zumbi dos Palmares, s/nº, Centro, de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h30, e no sábado, das 9h às 14h. A entrada é gratuita.

 

 
Imprimir E-mail Share
 


* Nome: * E-mail:
Telefone:  
 
* Comentário:  
Declaro expressamente que li as Condições Gerais
e aceito seus termos de forma integral. 
 
   
Imprimir
E-mail
Saiba mais
 
Circuito
Banda Petrus se apresenta neste domingo; amanhã programação inclui três shows
 
Cultura
Destacando a liberdade
 
Habitação
Minha Casa Minha Vida chega ao Parque Mambucaba
 
Sul Fluminense
Câmaras e prefeituras funcionarão em esquema diferenciado no feriadão
 
33º BPM
Dois homens são presos por suspeita de tráfico em Angra
 
Em Angra dos Reis
Etapa do Circuito Angrense de Natação
 
Angra dos Reis
Saae realiza limpeza da barragem da Caputera
 
Esclarecimento
Palestra explica envio digital de informações sociais por empresas
 
Home | Cidade | Política | Polícia | Economia | Mosaico | Cartas | Esportes | Diarinho | Copa Diarinho | Social | Lazer | Circuito | Decoração | Viver Melhor | Caderno TV
Veículos | Educação | Nacional | Internacional | Vídeos | Edição Digital | Cultura | Flip | Classificados | Eu, Diário | Arquivo | Fale Conosco | Newsletter | Twitter | Pesquisar | Ciência e Tecnologia | Tempo Real
© 2013 - Diário do Vale. Todos os direitos reservados à Empresa Jornalística Vale do Aço Ltda. Termos de uso.