Ações da CSN
R$ 8,96 | -4,06%
19:51h | 15.04.2014
Quarta-feira, 23 de abril de 2014
Bom dia, 7h32min
 

Suspeitos de homicídios são presos uma hora após os crimes
Publicado em 06/02/2014, às 09h54
 
Última atualização em 06/02/2014, às 16h30

Porto Real

Dois homens, moradores de Potim em São Paulo, foram presos na noite de ontem (5), por volta das 20h30, por suspeita de assassinar duas pessoas no bairro Freitas Soares, em Porto Real. A prisão - realizada pelas Policiais Civil, Militar e Rodoviária Federal - aconteceu uma hora após os homicídios.

De acordo com a Polícia Militar, Luís Rogério de Sousa Anastácio, de 45 anos, e Carlos Teixeira Sobrinho, de 55, foram mortos a tiros dentro de um micro-ônibus, por volta das 19h30. Luís foi atingido por 13 tiros e Carlos por dois. Após o crime, os agentes foram informados das características dos suspeitos, que seriam ciganos e teriam fugido em um Celta.

Os policiais iniciaram as buscas e encontraram o veículo, quando este trafegava no sentido São Paulo da Rodovia Presidente Dutra, em Itatiaia. Segundo a PM, os agentes da operação tiveram certeza que os ocupantes do carro eram os supostos assassinos, depois que um deles sorriu e apareceu um dente de ouro. De acordo com polícia, característica semelhante da descrita pelas testemunhas.

O Celta foi abordado. Dentro do porta luvas foi localizada uma pistola Taurus HC Plus, com apenas uma munição. A polícia informou que a arma aparentava ter sido usada recentemente. Mais 20 munições, três celulares e um kit de limpeza, que também parecia ter sido utilizada, foram apreendidos.

Após a prisão, os policiais teriam descoberto que um dos mortos supostamente teve envolvimento no assassinato de um cigano de Potim, cidade dos suspeitos. O crime ocorreu em 2008. E em um dos telefones, segundo a PM, havia uma ligação para o pai do cigano assassinado na cidade paulista.

Com isso, a polícia trabalha com a linha de investigação que os assassinatos, em Porto Real, tenham sido motivados por vingança. Os dois presos foram encaminhados à 100ª DP (Porto Real), onde foram indiciados pelos crimes.

 

 

 
Imprimir E-mail Share
 


* Nome: * E-mail:
Telefone:  
 
* Comentário:  
Declaro expressamente que li as Condições Gerais
e aceito seus termos de forma integral. 
 
   
Imprimir
E-mail
Saiba mais
 
Nacional
Comissão Nacional da Verdade conclui que JK não foi assassinado
 
Em Porto Real
Cida comemora Páscoa com integrantes de programa social
 
Educação e Saúde
Porto Real reinicia Programa Saúde na Escola
 
Investimentos
Cida assina seis ordens de serviço para obras em Porto Real
 
Barra Mansa
Maratonista é morta a tiros em Barra Mansa
 
Porto Real
Cida inaugura creche para 300 alunos
 
Acessibilidade
Porto Real terá calçadas acessíveis
 
Capacitação
Porto Real oferece curso de qualificação profissional
 
Home | Cidade | Política | Polícia | Economia | Mosaico | Cartas | Esportes | Diarinho | Copa Diarinho | Social | Lazer | Circuito | Decoração | Viver Melhor | Caderno TV
Veículos | Educação | Nacional | Internacional | Vídeos | Edição Digital | Cultura | Flip | Classificados | Eu, Diário | Arquivo | Fale Conosco | Newsletter | Twitter | Pesquisar | Ciência e Tecnologia | Tempo Real
© 2013 - Diário do Vale. Todos os direitos reservados à Empresa Jornalística Vale do Aço Ltda. Termos de uso.