Ações da CSN
R$ 8,96 | -4,06%
19:51h | 15.04.2014
Quinta-feira, 24 de abril de 2014
Bom dia, 5h0min
 

O que não mata, fortalece
Publicado em 20/06/2012, às 07h55
 
Última atualização em 20/06/2012, às 07h58

 

Eliane SapedeEliane Sapede
eliane.sapede@diariodovale.com.br

Como dizia minha avó, "às vezes precisamos passar por alguma situação difícil para aprender, ou seja, é vivendo que se aprende".
Para algumas pessoas até conseguimos passar um pouco de nossa experiência, já para outros, não tem jeito, só a própria pessoa vivenciando seu aprendizado.
Uma das amigas de minha filha, muito nervosa, veio falar comigo. Dizia que precisava de um conselho urgente, pois está situação iria mudar toda sua vida.
Fiquei olhando para ela e pensando com meus botões: "Como uma pessoa inteligente, bonita e bem resolvida precisa de mim?" Sempre achei que era uma moça segura de seus atos, culta, com ótimo emprego!
Enfim, lá estava eu pronta para ouvir aquilo que, na cabecinha dela, seria a solução de toda sua vida.

Ela começou a falar atropelando as palavras, de modo confuso e nervoso. Para resumir, ela havia conhecido um rapaz, que segundo ela, era um príncipe encantado, com todos os atributos que  toda moça sonha, e estava muito apaixonada por ele.
Depois de alguns meses de namoro, ele resolveu apresentá-la para sua família, que residia em Petrópolis.
Pertencente a uma classe social alta, com hábitos aristocráticos e com a vida norteada por normas rígidas de etiqueta, o primeiro encontro aconteceu em um chá de caridade, onde a mãe do rapaz era a organizadora.
Para a garota foi um verdadeiro desastre!

- A xícara tremia tanto em minha mão, que derramei o chá na calça jeans. Eu só conseguia me lembrar da senhora, de todas as vezes que me convidou para assistir suas palestras e eu NÃO FUI!  
- Você foi a um chá de jeans?
- Infelizmente fui, e rapidamente percebi que estava diferente de todas as outras pessoas.
- Mas isso não é tudo! Ainda tem um jantar na casa dele, lá em Petrópolis, que os pais vão oferecer para mim! Como eles disseram: "para me conhecer melhor e estreitarmos nossos laços", já serei nora em breve.
- Não posso nem pensar no noivado.

- Como vou fazer?
- Eles são cheios de pompa e etiqueta, e eu uma pessoa de família simples.
- Não fique nervosa! Lembrei-me de uma frase de Nietzsche: "O que não me mata me fortalece".
Isto é a mais pura verdade. Agora que você acordou para a necessidade de saber portar-se em qualquer situação e lugar, nós vamos começar um curso intensivo iniciando pelo uso correto dos talheres. Afinal, o jantar é seu próximo encontro com os familiares de seu namorado.
- A senhA pessoa realmente elegante tem respeito pelo próximo.ora acha que vai dar tempo de aprender?

- Tenho convicção que se sairá muito bem neste jantar. Se não morreu ao derrubar chá na roupa, sobreviverá ao jantar, afinal, já conhece as pessoas e sabe que têm hábitos elegantes. Já é meio caminho andado. Outra coisa: não minta sobre suas origens. A pessoa realmente elegante tem respeito pelo próximo. Compreenderão que aos poucos você irá ficando mais a vontade nestes eventos.
Posso lhe afirmar que tenho duas certezas:
- Você não vai derrubar comida na roupa, e vai com o traje correto, pois o que não mata fortalece!

 

 
Imprimir E-mail Share
 


* Nome: * E-mail:
Telefone:  
 
* Comentário:  
Declaro expressamente que li as Condições Gerais
e aceito seus termos de forma integral. 
 
   
Imprimir
E-mail
Saiba mais
 
Satélite
O novo Universo X da Marvel
 
Etiqueta
Como atender ao telefone de sua casa?
 
Etiqueta
O convidado do convidado
 
Etiqueta
Preconceito
 
Coluna
Etiqueta para todos
 
Etiqueta
Sinal de fumaça
 
Etiqueta
Elegante e feliz
 
Etiqueta
Cuidando da educação das crianças
 
Home | Cidade | Política | Polícia | Economia | Mosaico | Cartas | Esportes | Diarinho | Copa Diarinho | Social | Lazer | Circuito | Decoração | Viver Melhor | Caderno TV
Veículos | Educação | Nacional | Internacional | Vídeos | Edição Digital | Cultura | Flip | Classificados | Eu, Diário | Arquivo | Fale Conosco | Newsletter | Twitter | Pesquisar | Ciência e Tecnologia | Tempo Real
© 2013 - Diário do Vale. Todos os direitos reservados à Empresa Jornalística Vale do Aço Ltda. Termos de uso.