Ações da CSN
R$ 8,96 | -4,06%
19:51h | 15.04.2014
Sábado, 19 de abril de 2014
Bom dia, 9h22min
 

Guia rápido de compras na internet
Publicado em 27/04/2013, às 14h07
 

Atitudes simples podem prevenir transtornos na hora de fazer compras na web

Recentemente o Procon divulgou uma lista com 71 sites que não são nada confiáveis para se fazer compras, devido ao número de reclamações que eles recebem. Aqui no DIÁRIO DO VALE já foram divulgadas diversas reportagens sobre o comércio eletrônico, suas vantagens e desvantagens e, principalmente, sobre sua popularização no Brasil e na nossa região.
Mas como essa é uma modalidade de compra, que apesar de ser bastante vantajosa, ainda proporciona dor de cabeça para muitas pessoas, decidi fazer um guia rápido de compras na web, para quem ainda se encontra perdido sobre o assunto.
Quem quiser conferir a lista completa das lojas não recomendadas pelo Procon pode acessar o documento através desse link [http://migre.me/efTDq]
 
Melhores lugares para comprar
 

Primeiramente é importante conhecer o site e sua fama entre os consumidores. É por isso que serviços como Ebay [http://www.ebay.com] e Mercado Livre [http://www.mercadolivre.com.br] são exemplos de segurança nessa área, uma vez em que vendedores e consumidores são classificados de acordo com transações anteriores. Se a loja tem muitas reclamações e classificações negativas, é bom passar o mouse longe.
Mas até nesses lugares é bom ficar atento. Eu, por exemplo, tenho o costume de comprar apenas por "mercado pago", quando quero adquirir alguma coisa de um vendedor no Mercado Livre. Com esse serviço, no lugar de pagar diretamente ao vendedor, pago o Mercado Livre, e esse só libera o pagamento quando aviso que o produto chegou.
 
Verificar reclamações
 
Sites como o Reclame Aqui [http://www.reclameaqui.com.br] são ótimos para verificar a fama de alguma loja virtual. Lá os consumidores fazem pequenas resenhas e divulgam sua opinião sobre o site, como foi o atendimento e se tiveram algum problema na hora da compra ou com o prazo do recebimento do produto. Aqueles que recebem muitas reclamações devem ser evitados.
 
Sempre ler as especificações do site
 

Isso é muito importante, mas não é todo mundo que faz. Se você já pesquisou sobre o site, viu que não há muitas reclamações sobre, ou é uma loja virtual conhecida e com boa fama no mercado, leia as políticas da empresa. Muitas vezes transtornos podem ser evitados só pelo fato de se ler as perguntas mais frequentes feitas no site, como é a política de entrega deles e, principalmente, quais serão as ações da empresa se houver algum problema com o produto. Por exemplo, é bom saber os procedimentos em caso de troca, fretes, eventuais taxas e prazos de entrega. Lembrando que  o consumidor tem o direito de trocar, em até sete dias, qualquer produto que tenha adquirido pela internet a partir do momento em que ele chegar à residência, estando com defeito ou não, uma vez que ele não teve contato direto com o produto e pode se arrepender da compra. Isso é um direito assegurado por Lei.
 
Evitar promoções muito boas
 

É difícil de resistir, mas o ditado "quando a esmola é demais o santo desconfia" combina muito com as compras na internet.  Isso também vale para aqueles sorteios de mil iPhones ou iPads constantemente divulgados no Facebook. Se o produto está com o valor muito abaixo do mercado, desconfie. Às vezes mesmo que ele seja importado não deveria estar tão barato como algumas promoções apresentam. Isso faz parte de um golpe que tem se tornado cada vez mais típico na web. Por isso a pesquisa de preços também é importante antes da compra.
Algumas empresas têm vendido diversos produtos a preços absurdamente baratos. Eles colocam um prazo longo de 30 a 40 dias, alegando que o produto é importado e depois desaparecem da internet ou mudam de domínio começando tudo novamente enquanto os consumidores têm que arcar com o prejuízo.

Comprar com cartão de crédito

Pode parecer estranho, mas uma boa dica para prevenir dor de cabeça na hora de comprar pela internet é dar preferência ao cartão de crédito na hora do pagamento. Caso ocorra algum problema, basta pedir a operadora do cartão que cancele o pagamento. Se você pagar com boleto bancário ou no débito, pode ter mais dificuldade para reaver o seu dinheiro.

Cuidado ao comprar roupas

Comprar roupas pela internet é um caso à parte. A atenção tem que ser redobrada na hora de conferir as medidas das peças. Para comprar camisetas é mais simples, porém, comprar calças e sapatos pode demandar uma troca quando o produto chegar.  Boas compras.
 

 
Imprimir E-mail Share
 


* Nome: * E-mail:
Telefone:  
 
* Comentário:  
Declaro expressamente que li as Condições Gerais
e aceito seus termos de forma integral. 
 
   
Imprimir
E-mail
Saiba mais
 
Novidade
Aplicativo permite troca de mensagens sem conexão à internet
 
Internacional
Obama apresenta plano para garantir privacidade de informações telefônicas
 
Política
Câmara aprova Marco Civil da Internet
 
Política
Marco Civil da Internet deve ser votado amanhã
 
Conexão
Barra Mansa planeja ampliação de sinal de televisão digital e internet
 
Tecnologia
Internet pode ser fragmentada
 
Espaço Aberto
Gary Oldman, a internet e a dignidade dos 'Brothers'
 
Comunicações
Anatel amplia direitos de usuários de telefonia, internet e TV paga
 
Home | Cidade | Política | Polícia | Economia | Mosaico | Cartas | Esportes | Diarinho | Copa Diarinho | Social | Lazer | Circuito | Decoração | Viver Melhor | Caderno TV
Veículos | Educação | Nacional | Internacional | Vídeos | Edição Digital | Cultura | Flip | Classificados | Eu, Diário | Arquivo | Fale Conosco | Newsletter | Twitter | Pesquisar | Ciência e Tecnologia | Tempo Real
© 2013 - Diário do Vale. Todos os direitos reservados à Empresa Jornalística Vale do Aço Ltda. Termos de uso.