CRIME CHOCA CIDADE
Fisioterapeuta é encontrado morto em estúdio de pilates em Quatis
Publicado em 02/05/2013, às 6h37
 

Fisioterapeuta foi morto no local de trabalho

Camila Machado
camila.machado@diariodovale.com.br

Quatis

O fisioterapeuta Marcos Ricardo da Conceição Firmino, de 30 anos, foi encontrado morto na noite de ontem (1º), por volta das 18h, dentro do estúdio de pilates onde trabalhava na Rua Euclides Cotia no Centro de Quatis.

A Polícia Militar informou que no local do crime foram encontradas duas trouxinhas de maconha.

O corpo foi encontrado pelo médico dono do estúdio. Ele foi até o estabelecimento no final da tarde buscar objetos pessoais, quando achou Marcos já sem vida. Imediatamente a polícia foi acionada e iniciou as investigações.

De acordo com o inspetor Paulo Índio da 100ª DP (Porto Real), onde o caso está sendo investigado sob o comando do delegado Nei José Ramos Loureiro, Marcos foi espancado e atingido com golpes de um tripé de ferro.

- Acredita-se que ele conhecia o autor do crime, já que ontem foi feriado e o estúdio estava fechado. Marcos tinha a chave do estabelecimento. A perícia encontrou maconha próxima ao corpo, por isso, investigamos se Marcos tenha ido ao estúdio consumir a droga com o assassino. A hipótese é de que em algum momento eles tenham brigado o que resultou na morte do fisioterapeuta - explicou o policial.

O inspetor também disse que o autor do homicídio ainda não foi identificado. O policial pede que quem tiver informações sobre o criminoso ligue para o telefone da delegacia no número (24) 3353-1033. Denúncias também podem ser feitas para o disque-denúncia do 33º Batalhão da Polícia Militar no (24) 3360-0112.